domingo, 15 de fevereiro de 2015

de "Variações sobre tema de Vítor Matos e Sá: Invenção de Eros" - 15


15.

penélope tece o último
ponto

a soleira dormita
à sombra
que o ocaso lhe oferta

a porta embora desperta aos gestos
que a casa reclama
é qual vela
que repousa na arandela

entregue ao desígnio
de fenecer

in "Variações sobre tema de Vítor Matos e Sá: Invenção de Eros" (Edium Editores, Matosinhos, Portugal, 2007) - Prémio de Poesia Vítor Matos e Sá – 2007, organizado pelo Conselho Científico da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra); "Viagem pelos livros" (Escrituras, São Paulo, Brasil, 2011)

Enviar um comentário