quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

de "Palavras no vento" - 12

meu corpo é âncora. sente a noite
onde o cartógrafo desenha
a carta estelar. onde o poema
me visita para logo
partir.

com ele vou se adormeço
e acordo o sonho

in "Palavras no vento" (e-book, Virtualbooks, Brasil, 2003)
Enviar um comentário