sexta-feira, 7 de março de 2014

de "Ordálio" - 3

Há para cada ser
um gesto
que lhe corresponde

Uma encenação
que se desenha em cada movimento

Uma voz
que se ergue contra a muralha
da própria alma

Um desejo crescente
do corpo não ser limite
mas ponto de partida
rumo ao ignoto

in "Ordálio" (e-book, Virtualbooks, Brasil, 2004)
Enviar um comentário