segunda-feira, 18 de agosto de 2014

de "O fogo A cinza" - 18

rigorosa
a chama invade o corpo da madeira
engravida-a de luz e cor
de sílabas

estas evolam pela casa
inscrevem-se a cinza
na memória das pedras

in "O fogo A cinza" (LASA, Setúbal, Portugal, 2005); “Viagem pelos livros” (Escrituras, São Paulo, Brasil, 2011). Prémio de Poesia no Concurso Literário Manuel Maria Barbosa du Bocage - 2004, organizado pela LASA - Liga dos Amigos de Setúbal e Azeitão.
Enviar um comentário