quinta-feira, 7 de agosto de 2014

de "O fogo A cinza" - 7

tece-se a oiro a bordadura
do templo
breve é a chama
branca e pura que lhe toca

a oiro fino se tece
o desígnio do fogo
o destino de um corpo a demandar

in "O fogo A cinza" (LASA, Setúbal, Portugal, 2005); “Viagem pelos livros” (Escrituras, São Paulo, Brasil, 2011). Prémio de Poesia no Concurso Literário Manuel Maria Barbosa du Bocage - 2004, organizado pela LASA - Liga dos Amigos de Setúbal e Azeitão.

Enviar um comentário