quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

de "Acordes de azul" - 10

sei que no centro o som cresce
límpido e cristalino
como alma de um diamante
inesperado
por onde a luz brinca
qual criança
desbravando o mundo

in "Acordes de azul" (e-book, Virtualbooks, Brasil, 2002)

Enviar um comentário