domingo, 5 de abril de 2015

de "O livro do regresso" - 9 e 10


vejo a mágica palavra

a primeira desenhada
na minha ardósia

o giz colorido
a mão fugidia

vasco da gama
pedro álvares cabral
fernão de magalhães

caminho
marítimo para a índia
terras de vera cruz
circum-navegando o mundo

tudo tão pequeno

a giz na ardósia meu nome
descoberto
conquistado

*

o tear iluminava-se
o azeite entregava-se
ao fogo

numa secreta melodia
a luz brilhava

entre acordes
o fio inventando o corpo
com que minha mãe desenha
um beijo

a porta de entrada
no mundo dos meus sonhos

in "O livro do regresso" (Edium Editores, Matosinhos, Portugal, 2008); "Viagem pelos livros" (Escrituras, São Paulo, 2011) - Prémio de Poesia Raul de Carvalho - 2005, organizado pela Câmara Municipal de Alvito

Enviar um comentário