quarta-feira, 1 de abril de 2015

de "O livro do regresso" - 1 e 2

 


é outro o olhar que nasce
no poente

embora de asas feridas
cansadas

voa rente ao espanto
ou da semente
de onde outrora partira

*

no dorso do vento
pelos caminhos do monte
viajam frágeis vestígios
de um cântico

ou de um poema
de súbito bordado a oiro
pelas bátegas
céleres mas suaves
do sol

in "O livro do regresso" (Edium Editores, Matosinhos, Portugal, 2008); "Viagem pelos livros" (Escrituras, São Paulo, 2011) - Prémio de Poesia Raul de Carvalho - 2005, organizado pela Câmara Municipal de Alvito


Enviar um comentário