segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

de "Divertimento poético" - 52


TI ZÉ

O Ti Zé da mula ruça
Logo pela manhãzinha
Levava cachaça à fuça
Para se manter na linha

Para se manter na linha
Mui desperto e sem catarro
Logo após a cachacinha
Meditava num cigarro

Meditava num cigarro
O Ti Zé que é gente fina
Porque deste não há barro

Muito menos mão de oleiro
Pois quis deus dar-lhe por sina
Ser último mas primeiro

in "Divertimento poético ou cinquenta quadras mais ou menos ao gosto popular, seguidas por três, porque três foi a conta que deus fez, redondilhas com gente dentro: Ti Maria, Ti Zé e Dona Alice (e-book, Virtualbooks, Brasil, 2007)
Enviar um comentário