quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

de "Trinta mais uma odes" - 10


Em tuas mãos, o cálamo, poeta,
É pedra, espada, ogiva que a memória
            Em ti acorda. Charrua,
Terra, semente. Em ti, poeta, o cálamo
É princípio e fim, é tua calema
            Por entre a voz dos tempos.

in "Trinta mais uma odes" (e-book, Virtualbooks, Brasil, 2007)
Enviar um comentário