quinta-feira, 13 de novembro de 2014

de "Afluentes do poema" - 13


Nada permanece. Abre o livro. O verso
ganha asas e renasce em tuas mãos.

in "Afluentes do poema" (e-book, Virtualbooks, Brasil, 2006)
Enviar um comentário