quarta-feira, 25 de março de 2015

de "Poemas com rosto" - 49 e 50


WILLIAM BUTLER YEATS

e há uma árvore no meio
da floresta

ninguém escutava as palavras
que se desprendem
de seus ramos

muitos ocultavam
o seu sereno cântico

havia quem a quisesse
ferir de morte
derramar
o seu imenso corpo sobre a terra

mas ninguém
ninguém calará o poema
quando nasce
no próprio corpo do vento

ninguém decepa a palavra
quando o sol
em sua corola se abriga

*

I have spread my dreams under your feet

William Butler Yeats

semeio meus passos e sonhos
pelos caminhos

sobre o pó repousam

aguardam a passagem de outros passos
para que meus passos e sonhos
se elevem

semeio como quem deseja
mais que passos ou sonhos
somente meus

há tantos passos e sonhos
a ser dados e sonhados
que outros mais

para mim e para ti
quero semear

in "Poemas com rosto" (e-book, Virtualbooks, Brasil, 2007)
Enviar um comentário