domingo, 1 de março de 2015

de "Poemas com rosto" - 1 e 2



EUGÉNIO DE ANDRADE

como são breves as coisas
mais belas do mundo

breves e simples

como a música
escorrendo em torno

das palavras que florescem

*

Um olhar que na fuga se faz ave

Eugénio de Andrade

em redor as pétalas
chamam pelos aromas da estação
indagam do sol a magia
de uma mariposa
de uma abelha insinuante

ou de um poeta
ávido de pólen

ou de voo
no olhar desperto em fuga

in "Poemas com rosto" (e-book, Virtualbooks, Brasil, 2007)
Enviar um comentário